fbpx

Recuperação da blefaroplastia: tempo, cuidados e recomendações

Recuperação da blefaroplastia: tempo, cuidados e recomendações

A blefaroplastia é a cirurgia das pálpebras, com finalidade estética. Trata-se de uma operação de média complexidade que deve ser feita por médico cirurgião plástico qualificado e experiente, em ambiente cirúrgico bem estruturado

Nesse quadro, como em qualquer outro procedimento cirúrgico, é importante que o paciente organize sua rotina antes da operação, para conseguir passar pelo período do pós-operatório com tranquilidade. O repouso, nos primeiros dias, é fundamental para a recuperação.

Blefaroplastia: saiba quais são as principais recomendações

Vale o lembrete: prepare o organismo

Se o assunto é a recuperação, vale a pena mencionar também a preparação necessária para a realização da cirurgia. Os cuidados devem se iniciar assim que o médico marcar a blefaroplastia. Assim, fumantes precisam se esforçar e parar de fumar, pois a nicotina e demais substâncias dificultam o processo de cicatrização. A suspensão de bebidas alcoólicas também é recomendada. A alimentação saudável, rica em vitaminas A, C e E, ajuda a pele das pálpebras a se recuperar mais rápido. Beba muita água para manter o corpo bem hidratado, principalmente a pele.

Tempo de cicatrização

As cicatrizes da blefaroplastia ficam bem disfarçadas e discretas. Isso porque a incisão de cima é feita na dobra da pálpebra superior e a de baixo segue o contorno dos cílios das pálpebras inferiores. O processo de cicatrização completa leva, em média, 12 meses. A partir do segundo mês, quando os hematomas e edemas desaparecem, já é possível visualizar o resultado da cirurgia plástica das pálpebras, mas somente após um ano o paciente terá o resultado definitivo.

Período de descanso

Na primeira semana, é necessário manter o repouso. Por isso, antes da cirurgia, deixe tudo organizado e, quando necessário, delegue tarefas às pessoas com as quais convive. Assim, poderá passar os primeiros dias pós-cirurgia com tranquilidade.

Até o segundo mês ou enquanto houver edemas e inchaço, é importante manter os olhos descansados. Evite passar muito tempo em frente às telas de computador, celular e televisão. No primeiro mês, deite-se, sempre, com a barriga para cima, mantendo a cabeça apoiada sobre um ou dois travesseiros.

Sol e atividades físicas

Banho de sol, somente após o terceiro mês. Quando de fato for necessário sair ao ar livre em dias ensolarados, recomenda-se o uso de chapéu de abas largas, óculos de sol e protetor solar com fator superior a 30. Atividades físicas leves poderão ser feitas após o 15 º dia, porém, os exercícios mais intensos devem esperar 45 dias após o procedimento.

Seja paciente

É importante que o paciente não se assuste com o visual da região após a cirurgia. Primeiro, a aparência do rosto fica pior, para depois melhorar. Isso acontece porque a região operada naturalmente fica inchada e com manchas arroxeadas. É completamente normal levar algumas semanas até que os sinais pós-cirurgia desapareçam. Por isso, não se deixe abater devido à imagem pós-cirurgia refletida no espelho. Dê tempo ao tempo. Em pouco tempo e com os devidos cuidados, o formato do rosto volta ao seu aspecto normal e você perceberá os ótimos resultados da plástica palpebral.

Se surgirem sintomas fora do comum após a cirurgia, tais como febre, dor, coceira, ardência, muita dificuldade para abrir ou fechar os olhos, visão turba, sensação de areia nos olhos, entre outros sinais anormais, busque ajuda médica imediatamente. Não use medicamentos sem prescrição do cirurgião plástico.

Fonte: Portal Blefaro

Fechar Menu
WhatsApp chat