A palavra lipoescultura pode ser uma forma mais simpática de chamar a cirurgia de lipoaspiração convencional ou se referir a retirada de gordura de um local do corpo e colocá-lo em outro, visando melhorar o contorno corporal.

PROCEDIMENTO CIRÚRGICO

Os tipos de anestesias utilizadas são as mesmas empregadas na lipoaspiração e as complicações possíveis são as da lipoaspiração somada a não sobrevivência dessa gordura injetada em um novo local.

Retira-se células de gordura de um local com lipoaspiração, por exemplo do abdome, e injeta-se estas células de gordura em outro local, por exemplo, nos glúteos. Portanto, em apenas uma etapa cirúrgica é realizado lipoaspiração do abdome e aumento dos glúteos. Pode-se injetar gordura em vários locais do corpo, como a face, preenchendo sulcos (bigode chinês por exemplo), maça do rosto, queixo; depressões em nádegas localizadas (geralmente por injeções recebidas na infância) e outras.

PÓS-OPERATÓRIO

Complicações que podem ocorrer: é difícil quantificar antes de um ano após a cirurgia quanto a gordura enxertada vai se integrar no novo local. Existe a possibilidade desta gordura enxertada ser quase toda absorvida após o primeiro ano da cirurgia.

RESULTADO

Benefícios: além dos benefícios da lipoaspiração, melhorar o contorno e silhueta corporal, projetar e aumentar glúteos, corrigir depressões, melhora do perfil da face e outros.