fbpx

Cuidados essenciais pós plástica

Cuidados essenciais pós plástica

Após qualquer cirurgia plástica, como abdominoplastia, cirurgia na mama, rosto ou mesmo lipoaspiração é necessário ter alguns cuidados com a postura, alimentação e com o curativo para garantir a boa cicatrização da pele e assim garantir o efeito desejado.

Alguns cuidados essenciais são:

– Fazer refeições leves, à base de caldos, grelhados e cozidos e comendo pequenas quantidades ao longo do dia para evitar náuseas;

– Comer 2 porções de fruta por dia, caldo de legumes ou iogurte com sementes para manter o funcionamento intestinal;

– Beber pelo menos 1,5 L de água ou chá para hidratar;

– Urinar pelo menos 5 vezes por dia;

– Repousar numa posição confortável e adequada de acordo com a cirurgia;
Trocar o curativo no consultório médico na data marcada;

– Não retirar os equipamentos de proteção como cinta, sutiã ou dreno, por exemplo, até indicação do médico;

– Tomar os remédios indicados pelo médico, cumprindo a dose e as horas para evitar infeção e dores;

– Evitar fazer exercício físico na primeira semana, principalmente quando existem pontos ou grampos;

– Consultar o médico antes de tomar outro remédio que não o recomendado para saber se não prejudica a recuperação.

Em algumas cirurgias, pode ser necessário fazer fazer sessões de drenagem linfática para ajudar a recuperar mais rápido. Veja outros cuidados a ter antes e depois da cirurgia clicando aqui, lembrando que cada cirurgia tem os seus cuidados específicos. Conheça alguns dos cuidados a ter no caso da Abdominoplastia.

Porque fazer fisioterapia após cirurgia plástica

A fisioterapia dermatofuncional é indicada especialmente após a cirurgia plástica para garantir a aceleração do processo de recuperação e na prevenção de complicações.

Ela tem como objetivo a redução do inchaço, a manutenção dos movimentos, aperfeiçoamento das cicatrizes e prevenção ou redução das aderências cicatriciais. Além disso, ajuda diminuir hematomas, fibroses, melhora a circulação sanguínea e o retorno venoso, aumenta a oxigenação tecidual e diminui o tempo de recuperação após a cirurgia plástica.

Alguns dos recursos utilizados para tal efeito são drenagem linfática, ultrassom, eletroestimulação, crioterapia, massagem e a cinesioterapia, no entanto, o número de sessões vai depender do tipo de cirurgia e da avaliação no pós-operatório imediato.

Sinais de alerta para voltar ao médico

O paciente deve ir buscar ajuda médica se apresentar dificuldade para respirar, tiver o curativo sujo ou se tiver ainda os seguintes sintomas:

– Febre;
– Dor que não passa com os analgésicos indicados pelo médico;
– Dreno cheio de líquido;
– Sentir dor na cicatriz ou cheirar mal;
– O local da cirurgia estiver quente, inchado, avermelhado e dolorido.

Nestes casos é importante consultar o médico, pois pode estar desenvolvendo uma infeção na cicatriz,o antibiótico não ser o mais indicado, desenvolver uma embolia pulmonar ou trombose, por exemplo.

Ter precauções para evitar complicações é fundamental, porém existem sempre riscos de fazer uma cirurgia plástica, como hematomas, infecção ou abertura dos pontos. Saiba quem tem maiores chances de desenvolver complicações e quais são os principais riscos da cirurgia plástica.

Fonte: Tua Saúde

Fechar Menu
WhatsApp chat